24 Dicas para viajar com crianças

Foto Pinterest

Qualquer viagem pode ser um nightmare quando o assunto inclui avião, aeroporto e algumas coisinhas a mais. Por isso, não é de se admirar que quando os pais adicionam crianças neste mix ficam um pouco estressados. Porém, se você se organizar com antecedência, a viagem acaba não sendo esse pesadelo todo e você pode se dar conta que viagem com crianças podem sim virar rotina. Para te ajudar, separamos algumas dicas para viajar com criança de avião. Veja abaixo: 

1. Entenda sobre as taxas e regras de cada companhia aérea antes de viajar com seus filhos.

Se você já olhou as informações para voar com bebês antes, já sabe que existem variações nas taxas e regras envolvidas com um bebê em um vôo. Diferentes companhias aéreas têm definições diferentes, por isso entenda as regras da cia que você vai voar – ou gostaria de voar – antes de comprar seu ticket.

2. Planeje e planeje.

Esteja muito bem preparado para sua viagem, com todas as informações necessárias, uma sacola com comidinhas, brinquedos, roupas extras, remédios e o que mais for necessário durante a viagem.

3. Deixe recados para os passageiros.

Se você fica super preocupado se seu filho vai chorar durante o voo e acordar os passageiros, ou vai se agitar muito e incomodar quem está ao lado, compre pequenos chocolates e deixe junto com um recado para seus “colegas de assento”. Uma forma carinhosa de pedir desculpas antes mesmo do voo decolar (assim fica difícil alguém fazer cara feia do seu lado).

4. Lenços umedecidos e fraldas nunca são demais.

Lenços umedecidos e toalhas nunca são demais. Lembre-se de levar uma boa quantidade, mesmo que seu filho parou recentemente de utilizar fraldas. Se acontecer qualquer imprevisto, como atrasos ou o avião ficar preso na pista, você e seus filhos não ficarão cheirando a fralda suja. Quase certo que você não precisará desse extra, mas com certeza vai ajudar a te deixar mais tranquilo durante o voo.

5. Keep it simple!

Não adianta você viajar com uma pilha de brinquedos, ou aquele levar que é mais pesado e difícil de carregar. Escolha brinquedos práticos e/ou pequenos livros que são fáceis de carregar.

6. Faça uma mala por criança.

Se você vai viajar com mais de uma criança, faça uma mochila de bordo para cada um, com brinquedos, lanches e roupas específicas para cada, evitando qualquer confusão na hora do voo. Além do mais, se você não mostrar o que tem na bolsa antes do voo,  e conta que será uma surpresa para o voo, as crianças ficam curiosas e, na hora do voo, vão ficar felizes ao ver as novidades e acabar se entretendo durante o voo com os “presentes” – que podem ser lápis para colorir, livros, peças de legos entre outros pequenos brinquedos, com preço acessível.

7. Verifique o preço do voo para o seu bebê.

Mesmo que você ache que o custo para viajar com uma criança menor de 02 anos é zero, verifique antes com a companhia aérea que você vai voar, porque as vezes eles cobram 75% do valor da passagem, ou uma outra taxa especial de voo.

8. Faça seu check in com antecedência e chegue cedo no aeroporto.

Se você está viajando com criança ou com toda sua família, lembre-se que pode ser bem difícil juntar todos para fazer o check in. Por isso, 24h antes do voo, já faça seu check in online. Também lembre-se de chegar no aeroporto com antecedência, garantindo que toda a função de documentos, assentos, malas, segurança, entre outras burocracias, seja feita com tempo de folga.

9. Defina o horário do voo conforme rotina do seu filho.

Se possível, escolha voar no horário em quem seus filhos estão acostumados a ficar cansados e dormir.
Isso pode ajudar com que eles durmam durante o voo. Claro que com a novidade de voar  pela primeira vez + a empolgação das férias, talvez essa quebra de rotina os deixe ainda mais agitados. Mas não custa tentar!

Photo by Hanson Lu on Unsplash

10. Faça paradas regulares no banheiro.

Mesmo que seus filhos não estejam com vontade de ir no banheiro naquele momento, insista em ir antes de entrar no avião ou que tiver que ir para um espaço sem banheiro. Além disso, não dê muitos líquidos antes ou durante a viagem, o que pode acabar com vocês incomodando os passageiros que estão ao seu lado no avi∫ao, para ir com freqüência ao banheiro.

11. Play Pilots.

Se o seu filho morre de medo de avião, comece a brincar de piloto antes da sua viagem. Crie todo um mesmo cenário que você encontra dentro do avião e deixe ele se encantar com a brincadeira e começar a gostar da ideia de voar.

12. Arme-se com lanches.

Para as crianças que já estão consumindo alimentos sólidos, certifique-se de embalar muitos lanches para sua viagem. Para quem eles não fiquem agitados ou irritados porque estão com fome, distraia seus filhos com lanches, antes que o jantar seja servido, ou que você dê o seu almoço/jantar. Comida é sempre uma boa distração para crianças. PS: Lembre-se de cuidar com o que vai levar com vocês, algumas coisas não são permitidas e serão retiradas da sua bagagem ao passar pelo raio x de segurança.

13. Nunca viaje sem um iPad ou tablet.

Sabemos que cada família tem suas regras quando o assunto é tempo de tela para os pequenos, mas na hora do voo, você definitivamente deve deixar seus padrões alterarem um pouquinho. Coloque seu tablet com jogos, músicas, Programas de TV e filmes da Disney para mantê-los entretidos durante o maior tempo possível. Mesmo os pequenos bebês podem ser distraídos por 10 minutos por um desenho animado com uma música cativante e pode ser apenas o suficiente para desfrutar sua refeição no vôo ou evitar um choro. Você também pode investir em alguns fones de ouvido para crianças, de modo que você não incomode os outros passageiros com aquelas cativantes músicas da Disney.

14. Mantenha-os confortáveis.

Uma criança super bem vestida e arrumada é uma criança infeliz, então, coloque nas crianças/ bebês roupas largas e com camadas suaves de roupa – os pijamas são provavelmente a sua melhor opção. Vale a pena levar ou pegar um travesseiro também, para que eles possam aconchegar-se no assento da janela contra a parede e dormir com conforto, ou no seu colo no assento do meio do avião. Caso você queira adicionar ainda mais conforto para sua viagem (e talvez mais peso também :/) existem inúmeros produtos que são vendidos online, como almofadas de avião para crianças deitarem ou apoiarem os pés (como o fly legs up), malas de mão que viram caminhas de dormir, cintos de segurança especiais, entre outros.

15. Esteja preparado para possíveis enjoos.

O seu maior medo é que seu filho fique doente durante o voo?  Um pouco de planejamento antecipado vai te ajudar.  Leve saquinhos de enjoo extras para o avião e carro e lembre-se de não colocar todas as roupas na mala despachada – leve sempre algumas peças com você. Além disso, assegure-se de fazer um plano de saúde para a viagem – você pode utilizar os serviços de vários cartões de crédito ou contratar um plano para o período da viagem.

16. Bonecos de pelúcia podem fazer toda a diferença.

Lembre-se de adicionar na mala de mão um dos bonecos de pelúcia favoritos do seu filho e deixe guardando para usar em qualquer emergência. Em muitos casos, eles foram os únicos brinquedos que acalmaram crianças no avião.

17. Faça uma pausa.

Mesmo que pareça gerar mais stress para as famílias em viagem, algumas pessoas compartilharam que uma viagem com pausas e conexões funcionaram melhor do que um único voo longo. Assim, as crianças têm tempo para se mover (correr, pular) nos aeroportos. Provavelmente, não use esta tática se seus filhos não gostarem das decolagens e desembarques, ou tenham o hábito de se perder nos aeroportos.

Foto Pinterest

18. Seja criativo.

Não importa o quanto você ama os seus filhos, uma criança entediada pode ser uma enorme dor de cabeça. Então, use o tempo para ser criativo e leve coisas que vão te ajudar com isso. Aqui estão algumas sugestões de itens para manter as crianças longe do tédio:

Caderno e canetas ou lápis
Livros ou um Kindle
iPod / fones de ouvido: se a música for o alimento de uma criança feliz, brinque!

19. Lembre-se da maravilha de voar.

Voar é divertido. Na verdade, voar é incrível. Lembre-se de que seus pequenos ainda não associam companhias aéreas com orçamento, restrições de bagagem e problemas de conexão  – e provavelmente estarão bastante entusiasmados por subir no céu. Então, mostre essa magia para seu filho, aponte as casas com tamanhos pequenos lá de cima, as nuvens, o pôr-do-sol para distrai-los. E se você estiver desesperado (você ou a criança), considere mostrar também quantos passageiros estão no voo .

Photo by Jaku Arias on Unsplash

20. Comunique-se sobre a experiência de voar com seus filhos.

Se seus filhos não são mais tão bebês, converse com eles antes, durante e após o vôo, para que eles saibam exatamente o que esperar. Descreva a experiência de voar desde o check-in, ao embarque, aos procedimentos de segurança, ao espaço do assento, refeições, entretenimento, formas de dormir e toda a função do desembarque. Dependendo da idade do seu filho, você também pode conversar sobre potenciais problemas e soluções. Ao passar por cada procedimento durante o voo, fale com seu filho para que eles estejam preparados e confortáveis e durante o voo certifique-se que estão bem.

21. Organize-se no inicio do voo.

Assim que embarcar no avião, organize-se e estabeleça-se com tudo o que precisa. Tenha itens essenciais de viagem armazenados nos bolsos e embaixo da cadeira, para não precisar escalar sobre todos durante o voo ou esperar até que o sinal do cinto de segurança se apague.

22. Peça para o seu filho sentar-se no meio do avião.

Se você presta atenção nos filmes de segurança das cias aéreas, já sabe que é recomendando que você coloque seu filho no assento do meio no avião (se ele já passou da fase do colo). Para a segurança, mantenha-os sentados entre você e seu parceiro nos bancos do meio. Desta forma, você saberá se eles tentarem sair para o corredor sem você! Isso também impedirá que eles sejam atropelados por pessoas caminhando.

23. Ajude com as orelhas do seu bebê no pouso.

Os bebês ainda não desenvolveram a habilidade de igualar seus tímpanos naturalmente. Se você já sentiu essa pressão em seus ouvidos, você saberá por que tantos bebês gritam durante o pouso. Amamentar/ alimentar seu bebê ou fazê-los chupar um bico pode ajudar. Para as crianças mais velhas, deixe-os mastigar algum alimento.

24. Conte com a ajuda dos apps.

Baixe os aplicativos dos aeroportos e cia aéreas para entender onde são os portões e o que o aeroporto oferece. Assim você consegue se organizar antes de sair ou entrar no avião, sabendo os restaurantes disponíveis, lojas para alguma urgência e claro, a localização dos banheiros.

 

 

Leave a Response