Destinos de cinema

The red carpet for the 85th Academy Awards and the Dolby Theatre are seen in Los Angeles, Thursday, Feb. 21, 2013. The Academy Awards will be held Sunday, Feb. 24, 2013. (Photo by Matt Sayles/Invision/AP)

Resolvemos entrar no clima da 88ª premiação do Oscar, que ocorre neste domingo em Los Angeles. Muito se fala sobre os roteiros, os atores, diretores e a trilha sonora de cada um dos filmes indicados. Mas, para nós, os longas também servem de inspiração para as viagens! Afinal, quem não gosta de andar em algum lugar que foi cenário de um filme? Por isso, selecionamos os oito longas indicados a melhor filme e mostramos o que há para conhecer (na vida real) em cada um dos cenários. Veja abaixo (e torça pelo seu favorito)!

A Grande Aposta: o filme, estrelado por um  nomes que incluem Brad Pitt e Christian Bale, aborda a história de quatro homens que descobrem antecipadamente a crise financeira e imobiliária de 2008, nos Estados Unidos. A história está na lista dos favoritos a vencer o título de melhor filme.

Crédito foto: http://www.rollingstone.com/movies/reviews/the-big-short-20151210
Crédito foto: http://www.rollingstone.com/movies/reviews/the-big-short-20151210

O cenário principal é Nova York, especialmente a parte mais sul da ilha de Manhattan, onde fica o centro financeiro da cidade (veja mais sobre o Financial District aqui). Mas, ao contrário do que muita gente sabe, grande parte do filme foi gravada em Nova Orleans, na Louisiana.

Nova Orleans é uma das cidades mais culturais do Estados Unidos. É o berço do jazz, então os principais roteiros para conhecer a cidade envolvem visitas a bares para curtir boa música. A maior concentração é na Frenchment Street, no bairro Trombony Shorty. Para vivenciar da influência histórica e arquitetônica vindas da França, vá até o French Quarter. É lá que fica a maior concentração de prédios históricos dos Estados Unidos. A Magazine Street é uma ótima opção para quem quer comprar roupas e acessórios descolados. Outras informações sobre Nova Orleans que já mostramos estão aqui.

French Quarter/ Crédito foto: http://www.travelthruhistory.tv/things-to-do-in-new-orleans/
French Quarter/ Crédito foto: http://www.travelthruhistory.tv/things-to-do-in-new-orleans/
Magazine Street/ Crédito foto: http://djlphoto.com/magazine/mag21.html
Magazine Street/ Crédito foto: http://djlphoto.com/magazine/mag21.html

Brooklyn: narra a história de uma jovem irlandesa que se muda para o bairro do Brooklyn, em Nova York e se apaixona por dois homens ao mesmo tempo. Saoirse Ronan é a atriz principal. A história foi gravada na Irlanda (Enniscorthy e Ballinesker), Canadá (Montreal) e em Coney Island, na cidade de Nova York.

Crédito foto: http://www.brooklyn-themovie.com/
Crédito foto: http://www.brooklyn-themovie.com/

Enniscorthy fica no condado de Wexford, no sudoeste da Irlanda. A cidade tem cerca de 10 mil habitantes e o ponto turístico principal é o Enniscorthy Castle, um dos únicos castelos irlandeses que permitem acesso ao telhado. Ballinesker é uma das praias mais famosas desta mesma região. Já Montreal, a segunda maior cidade com população francófona do mundo (depois de Paris), é um dos principais destinos do Canadá.

Coney Island, o cenário principal do filme, é uma península banhada pelo oceano Atlântico, situada no sudoeste do Brooklyn. Os melhores passeios por lá são curtir a praia e os cinco parques de diversões, um ao lado do outro e todos na beira do mar. O mais conhecido deles é o Luna Park, e depois vem o Deno’s, com uma roda-gigante super famosa. Outras atrações do Brooklyn estão aqui.

Luna Park/ Crédito foto: http://novayorkevoce.com/luna-park-em-coney-island-nova-york/
Luna Park/ Crédito foto: http://novayorkevoce.com/luna-park-em-coney-island-nova-york/
Brooklyn Bridge/ Crédito foto: http://en.r8lst.com/Gracefully%20divine%20pictures%20of%20Brooklyn
Brooklyn Bridge/ Crédito foto: http://en.r8lst.com/Gracefully%20divine%20pictures%20of%20Brooklyn

Mad Max – Estrada da Fúria: o filme de ação que se passa em um mundo pós-apocalíptico, quando a humanidade luta para continuar a vida, contabiliza 10 indicações ao Oscar. O elenco principal é formado por Charlise Theron, Tom Hardy e Nicholas Hoult.

Crédito foto: https://www.youtube.com/watch?v=hEJnMQG9ev8
Crédito foto: https://www.youtube.com/watch?v=hEJnMQG9ev8

A maior parte das cenas foram gravadas na África, principalmente no Deserto da Namíbia. Também houve gravações na Austrália (Sydney, Penrith e Potts Hill).

O Deserto da Namíbia é uma vasta terra de areia que faz parte do Namib-Naukuluft National Park, a maior área de caça da África. Possui mais de 80 mil km², e as principais atrações por lá são as dunas – algumas de até 300 m de altura-, as cerca de 900 árvores mortas e os safáris para observação de animais.

Crédito foto: http://jornalggn.com.br/blog/luisnassif/o-deserto-da-namibia-em-fotos
Crédito foto: http://jornalggn.com.br/blog/luisnassif/o-deserto-da-namibia-em-fotos

Na Austrália, todos os locais de gravação do filme ficam no estado de New Sotuh Wales. Sydney é a capital da Austrália e já foi bastante abordada aqui no blog, e Potts Hill é um dos bairros da cidade, onde o principal atrativo é a Reserva de Potts Hill. Penrith é o maior centro da região metropolitana de Sydney.

Sydney/ Crédito foto: http://www.allianceabroad.com/tag/sydney/
Sydney/ Crédito foto: http://www.allianceabroad.com/tag/sydney/

O Regresso: o filme estrelado por Leonardo Di Caprio é o que tem mais indicações ao Oscar 2016. São 12, no total. O longa conta a história de um caçador que, depois de ser atacado por um urso, é abandonado pelos colegas.

Crédito foto: http://www.foxmovies.com/movies/the-revenant
Crédito foto: http://www.foxmovies.com/movies/the-revenant

Todos os cenários remetem ao “fim do mundo”, em montanhas com muita neve. “O Regresso” foi filmado em grande parte das Montanhas Rochosas  (nas províncias de Alberta e Colúmbia Britânica, no Canadá e em Montana, nos Estados Unidos), na Argentina (Ushuaia) e também no estado americano do  Arizona. Nesses lugares, o legal mesmo é se arriscar em aventuras radicais!

As montanhas rochosas são uma área de 4,8 mil quilômetros de extensão entre os Estados Unidos e o Canadá. Vários parques nacionais ficam lá, sendo que o de Banff é o mais famoso do Canadá (onde está, também, o Lake Louis). Na parte americana, Aspen é um dos pontos mais conhecidos. Ainda nos Estados Unidos, o Grand Canyon é a grande atração radical do estado do Arizona. Já a cidade de Ushuaia fica na Patagônia Argentina, e é uma das cidades mais ao sul do mundo, e os cenários são semelhantes: lagos e montanhas para tudo o que é lado.

Banff/ Crédito foto: https://wallpaperspal.com/winter-in-banff-national-park-wallpaper/
Banff/ Crédito foto: https://wallpaperspal.com/winter-in-banff-national-park-wallpaper/
Ushuaia/ Crédito foto: http://freestyleadventuretravel.com/patagonia-cruises/ush-ush-3-nights/
Ushuaia/ Crédito foto: http://freestyleadventuretravel.com/patagonia-cruises/ush-ush-3-nights/

O Quarto de Jack: uma das grandes surpresas do Oscar, o filme conta a história de um menino que vive em cativeiro com sua mãe, desde que nasceu. A mulher faz de tudo para ensinar à criança sobre o mundo “lá fora”, que eles só veem pela televisão, e depois arma um plano para escaparem do esconderijo. Brie Larson, a atriz principal, é uma das favoritas ao prêmio de melhor atriz.

Crédito foto: https://revistamoviement.net/sobre-o-quarto-de-jack-room-2015-ffdd68fff7a0#.cdupbgtru
Crédito foto: https://revistamoviement.net/sobre-o-quarto-de-jack-room-2015-ffdd68fff7a0#.cdupbgtru

Praticamente todas as cenas do filme foram gravadas em Toronto, no Canadá. É a maior cidade do país, e a 4ª maior da América do Norte. Toronto é tão cheia de atrações que até fica difícil elencar as principais. Mas, para fugir do senso comum, faça uma visita à Cervejaria Steam Wisthle, faça um passeio de trem dentro do High Park (especialmente no verão) e caminhe pelo PATH (o maior complexo de shopping subterrâneo do mundo, com 27km!). Tudo o que já falamos sobre Toronto no blog está aqui.

High Park/ Crédito foto: http://viagemacessivel.com/index.php/2015/08/26/high-park-em-toronto/
High Park/ Crédito foto: http://viagemacessivel.com/index.php/2015/08/26/high-park-em-toronto/
PATH/ Crédito foto: https://www.youtube.com/watch?v=nuABkPh_YbU
PATH/ Crédito foto: https://www.youtube.com/watch?v=nuABkPh_YbU

Perdido em Marte: é claro que um filme futurista não poderia faltar na lista de indicados. “Perdido em Marte” conta a história de um astronauta que é deixado pelos colegas em Marte, após um acidente que obrigou a equipe a voltar com urgência para a nave espacial. Mas o personagem de Matt Damon, na verdade, acorda algumas horas depois, e toda a sua jornada pela sobrevivência em um planeta onde não há água é contada no longa.

Crédito foto: http://revistagalileu.globo.com/Ciencia/noticia/2015/10/9-erros-e-acertos-de-perdido-em-marte.html
Crédito foto: http://revistagalileu.globo.com/Ciencia/noticia/2015/10/9-erros-e-acertos-de-perdido-em-marte.html

Obviamente, Marte não foi o cenário de gravação do filme. Foram feitas cenas na Jordânia  Hungria (Budapeste e nos estúdios) e em Houston, no estado americano do Texas.

Houston é uma cidade muito conhecida pela medicina e também por ser a sede da NASA. Não tem tantas atrações turísticas, mas conta com diversos parques (é uma das maiores concentrações de área verde por habitante do mundo). O Memorial Park é um dos maiores do país e certamente vale a pena visitar. Para quem procura algo mais cultural, conheça o The Theater District, que concentra diversos teatros com apresentações da Broadway e do do Houston Ballet.  Já falamos sobre Houston outras vezes nesse link.

Memorial Park/ Crédito foto: http://tharpgenealogy.com/showmap.php?cemeteryID=57&tree=
Memorial Park/ Crédito foto: http://tharpgenealogy.com/showmap.php?cemeteryID=57&tree=
Houston Grand Opera/ Crédito foto: http://bmed.rice.edu/come-work-with-us/
Houston Grand Opera/ Crédito foto: http://bmed.rice.edu/come-work-with-us/

Ponte dos Espiões: o longa que tem como atração principal o ator Tom Hanks fala sobre um piloto americano capturado durante espionagem na União Soviética. Baseado em fatos reais, o advogado estrelado por Hanks é quem negocia a libertação do piloto, na década de 1960.

“Ponte dos Espiões” teve cenas gravadas nos Estados Unidos (Marysville, na Califórnia, e nova York) e em Breslávia, na Polônia. Mas Potsdam e Berlim, na Alemanha, serviram de cenário principal para o filme.

Crédito foto: http://radio.cancaonova.com/artigos/dica-de-filme-ponte-dos-espioes/
Crédito foto: http://radio.cancaonova.com/artigos/dica-de-filme-ponte-dos-espioes/

Berlim, cheia de história, cultura e muita área verde é uma cidade que exemplifica o que é ser “planejada”. Lá, tudo funciona, e cidade e natureza se interligam perfeitamente. Para saber mais sobre programações de Berlim, clique aqui. Já Potsdam faz parte da região metropolitana de Berlim e é a capital do estado de Brandemburgo. A cidade é conhecida como uma das mais bonitas da Alemanha e grande parte das atrações são Patrimônio Histórico da UNESCO. Potsdam é uma ótima opção de “bate e volta” até Berlim. Dê preferência para conhecer o parque Sanssouci, que é só um pouquinho menor que o Central Park. No parque, ficam os três principais castelos da cidade: Sanssouci, Neues Palais e Charlottenhof.

Berlim/ Crédito foto: http://www.decolar.com/blog/dicas-de-viagem/o-que-fazer-em-berlim
Berlim/ Crédito foto: http://www.decolar.com/blog/dicas-de-viagem/o-que-fazer-em-berlim
Castelo Sanssouci, Potsdam / Crédito foto: https://www.flickr.com/photos/wolfgangstaudt/707912855
Castelo Sanssouci, Potsdam / Crédito foto: https://www.flickr.com/photos/wolfgangstaudt/707912855

Spotlight – Segredos Revelados: a história real de um grupo de jornalistas que descobre e denuncia uma série de estupros cometidas por bispos da arquidiocese de Boston concorre a seis prêmios. Certamente, o elenco que envolve Rachel McAdams, Mark Ruffalo e Michael Keaton (para citar só alguns), é um dos grandes trunfos da produção.

Crédito foto: http://www.npr.org/2015/10/29/452805058/film-shines-a-spotlight-on-bostons-clergy-sex-abuse-scandal

Crédito foto: http://www.npr.org/2015/10/29/452805058/film-shines-a-spotlight-on-bostons-clergy-sex-abuse-scandal

A trama toda se passa em Boston, capital do estado americano de Massachussetts. Mas poucas cenas foram gravadas lá. Na verdade, as cidades de Toronto (já falada acima) e Hamilton, no Canadá, foram os principais locais de gravação.

Hamilton fica na província de Ontário, a cerca de 70km de Toronto. A cidade possui um grande centro industrial, onde ficam concentradas grande parte das indústrias siderúrgicas do Canadá. Mas Hamilton é verdadeiramente conhecida por ser a cidade com maior número de cachoeiras do mundo: são 120! Tews Falls (a mais alta) e Webster Falls (a mais famosa) são duas das principais encontradas na cidade.

Toronto/ Crédito foto: https://www.porternovelli.com/offices/north-america/toronto/
Toronto/ Crédito foto: https://www.porternovelli.com/offices/north-america/toronto/
Tews Falls - Hamilton/ Crédito foto: http://www.ontariopics.com/Spencer-Gorge/Tews-Falls-11701.html
Tews Falls – Hamilton/ Crédito foto: http://www.ontariopics.com/Spencer-Gorge/Tews-Falls-11701.html

Leave a Response