Guia completo para degustar vinhos na África do Sul

Cada vez mais, a África do Sul tem sem tornado um polo de turismo, principalmente a Cidade do Cabo. A natureza exuberante, com muitas montanhas e praias, é um dos atrativos.

Mas algo que muita gente não sabe é que fora da capital há um destino perfeito para os amantes de vinho. O distrito conhecido como Cape Winelands, situado a menos de uma hora da cidade, é onde ficam vilarejos com algumas das vinícolas mais prestigiadas do planeta – e um destino perfeito para quem quer fazer um turismo diferente.

Crédito foto: reprodução Facebook
Crédito foto: reprodução Facebook

A revista Vogue divulgou recentemente um guia com tudo o que você precisa saber para degustar os vinhos região. Veja as dicas abaixo e prepare-se para voltar expert no assunto!

Vinhos

Methode Cap Classique (MCC) é um tipo de vinho espumante que é feito de acordo com o método tradicional Champagne – mas tem o preço bem mais acessível, já que você não está na região típica francesa.  A região produz MCCs excepcionais, mas um dos melhores (e mais recentes) para provar é o Babylonstoren Sprankel MCC.

Há também o Pinotage, um vinho tinto completamente exclusivo para a África do Sul e feito a partir de uma uva que é um híbrido de Cinsaut e Pinot Noir. Esse vinho pode dividir opiniões, mas absolutamente vale a pena experimentar. O Kanonkop Pinotage é uma dica, aprovada por sommelier. Se você é iniciante e está atrás de um bom vinho, o Pinotage Beyerskloof é uma boa pedida.

Transporte

Bebida e direção nunca combinam, então deixe seu carro para poder saborear todos os vinhos sem nenhum receio. O serviço de transporte Uber está disponível na região, mas há também muitos outros.

A partir da Cidade do Cabo, a estrada para Cape Winelands – incluindo as cidades de Stellenbosch, Franschhoek e Paarl – é de cerca de 45 minutos. Faça de Stellenbosch o seu primeiro porto de escala. A partir daí, você pode continuar ao longo da R44– com várias fazendas de vinho pelo caminho (como Babylonstoren e De Meye-para Franschhoek) e, finalmente, terminará em Paarl. Embora a maioria das adegas fiquem ao longo das estradas principais, se você está contratando um serviço de transporte, peça para pré-organizar o seu itinerário e reserve passeios com as suas salas de degustação.

Se você estiver indo para a rota de Uber, não se esqueça de reservar visitas com antecedência e mapear seus pontos de visita obrigatória no Google Maps para evitar qualquer esquecimento.

Hospedagem

Se o  seu tempo for curto, uma viagem de um dia é perfeitamente aceitável. Se não, considere ficar uma noite ou duas na região. Winelands tem algumas das mais luxuosas acomodações da África do Sul.

Gostaria de explorar uma cidade de vinhos, bem como as vinícolas? Leeu House está localizado no meio da cidade de Franschhoek. Quer olhar para as vinícolas enquanto você bebe seu café da manhã? Fique no Delaire Graff Estate, que tem as melhores vistas da área.

Crédito foto: reprodução Facebook Leeu House
Crédito foto: reprodução Facebook Leeu House
Crédito foto: divulgação Delaire Estate
Crédito foto: divulgação Delaire Graff Estate

Procurando uma estadia super chique? Reserve uma noite em Babylonstoren, que se parece com o filho perfeito de um designer de interiores, um enólogo e um horticultor. Seu estilo é clássico e old-school de luxo? Vá para o Lanzerac. Procura o hotel mais novo e trendy? O sofisticado Leeu Estates abriu suas portas em uma mansão do século XIX no início deste ano.

Crédito foto: http://www.kuoni.co.uk/south-africa/winelands-and-hermanus/hotels/lanzerac-hotel-and-spa-stellenbosch
Crédito foto: http://www.kuoni.co.uk/south-africa/winelands-and-hermanus/hotels/lanzerac-hotel-and-spa-stellenbosch
Crédito foto: reprodução Facebook Leeu Estates
Crédito foto: reprodução Facebook Leeu Estates

Inscreva-se para a degustação de vinhos

Há um número esmagador de adegas em  Cape Winelands e muitas maneiras de decidir quais visitar. Claro, priorizar todos os lugares com garrafas que você ama é o principal, mas uma das maneiras mais fáceis de fazer suas seleções é escolher uma vinícola que não só oferece bom vinho, mas boas vistas, também.

Tokara, La MotteJordan Wine Estate, DeMorgenzon e Delaire Graff Estate são todos os pontos que devem estar no topo da sua agenda de degustação de vinhos. Quando você sentir como você consumiu vinho demais e precisa dar uma pausa pra comer também, faça de Maison Estate sua próxima parada. Você pode saborear vinho e descansar no gramado com queijo, carne e pão da confeitaria.

Crédito foto: divulgação Tokara
Crédito foto: divulgação Tokara
Crédito foto: divulgação Jordan Wine Estate

Conheça fazendas

Fazendas são tão comuns na África do Sul quanto os clientes nos Estados Unidos. Nas fazendas, há de tudo: são aconchegantes, cafés caseiros e há lojas que vendem tudo, desde queijos e vinhos locais até itens que sua avó compraria, como chás.

Certifique-se de fazer uma parada no estábulo em Babylonstoren – é uma adega, hotel, jardim, restaurante e loja, tudo ao mesmo tempo. Pague uma taxa simbólica para conhecer os terrenos da propriedade, onde você pode andar nos jardins, almoçar no restaurante, e depois pegar produtos locais da fazenda. Livros de culinária, pão fresco, queijo, vinho e uma variedade de doces e conservas são a linha de frente das prateleiras desta loja impressionante.

Crédito foto: divulgação Baby
Crédito foto: divulgação Babylonstoren

Reserve seu almoço no restaurante do momento

The Table, o restaurante situado na adega de boutique De Meye, é o restaurante do momento. Usando o produto de sua horta (a poucos metros da cozinha) e ingredientes provenientes de fazendas vizinhas, chef Jess Shepherd cria menus de três pratos, dependendo de qual ingrediente  é abundante naquele dia.

A refeição é em estilo familiar, e aqui a comida é abundante para todos: pratos grandes cheios de tortas frescas de primavera ou cordeiro Karoo. E para a sobremesa, escolhas como o creme de gelo da goiaba ou o soufflé feito do queijo local e  termine seu almoço perfeito sob as árvores.

Crédito foto: divulgação The Table
Crédito foto: divulgação The Table
table2
Crédito foto: reprodução Instagram The Table

Leave a Response