Uma americana pela Itália by Kenna Conway

A Itália  nunca foi uma obsessão instantânea para mim. Antes de comprar minha passagem para Roma,  não era um destino que eu estivesse morrendo de vontade de conhecer. No entanto, eu estava indo com um propósito: participar do “Manifesto sob o sol da Toscana” de Jen Pastiloff,  uma espécie de retiro espiritual e com prática de yoga. Eu estive em um desses eventos (com ingressos esgotados) na Califórnia alguns meses antes, e eu adorei cada minuto! E, depois de falar com ela pelo Facebook, eu tive um estalo na minha mente: ir para a Itália, praticar yoga e aproveitar o resto do verão viajando pela Europa.

11061346_10153536731689416_5804917906007134210_o

A primeira parada foi Roma. Eu tinha grandes expectativas, já que duas blogueiras que sigo no Instagram tinham ido para lá há pouco tempo. As duas (@Galadarling e @clairealiceyoung) pareciam estar na lua, de tanta felicidade. Mas, graças à quantidade absurda de turistas e ao tempo quente e úmido, eu fiquei um pouco desapontada no início. Quando se trata de viajar, eu sugiro manter a  cabeça aberta e não criar muitas expectativas: você pode gostar de algo que outra pessoa odeie. Então, leve como um conselho!

Crédito foto: Claire Alice Young
Crédito foto: Claire Alice Young
Crédito foto: Claire Alice Young
Crédito foto: Claire Alice Young

O que eu posso dizer sobre essa cidade memorável, rica em história e cultura, é que todo mundo a deve visitar uma vez na vida. Afinal, é Roma! Se você for no verão, visite o Coliseu de noite. Mesmo que você não possa entrar, a estrutura iluminada por fora é algo mágico. As filas para entrar durante o dia são incrivelmente longas e, pelo o que ouvi, o Coliseu não é “tudo aquilo” por dentro. Além disso, quem visita à noite se livra também dos “paus de selfie”!

Crédito foto: http://7-themes.com/7015713-colosseum-night-wallpaper.html
Crédito foto: http://7-themes.com/7015713-colosseum-night-wallpaper.html

Eu me hospedei em um hostel super básico, enquanto que um amigo ficou em um hotel 5 estrelas, o Rome Cavalieri. Para a minha sorte, nós tivemos muitas festas noturnas e levamos vantagem na procura da piscina ou da academia durante o dia. Aqui vai um segredo: eles não costumar se certificar de que os usuários da piscina e da academia são realmente hóspedes do hotel. Então, se você quiser tentar, traga seu terno ou a sua roupa de academia e curta o estilo de vida de um italiano de luxo no fim da tarde.

Roma Cavalieri/ Crédito foto: http://loyaltylobby.com/2012/05/30/rome-cavalieri-waldorf-astoria-collection-hotel-review-of-my-stay/
Roma Cavalieri/ Crédito foto: http://loyaltylobby.com/2012/05/30/rome-cavalieri-waldorf-astoria-collection-hotel-review-of-my-stay/
Crédito foto: http://www.azureazure.com/travel/rome-cavalieri-hotel
Crédito foto: http://www.azureazure.com/travel/rome-cavalieri-hotel

Se você quiser optar por um apartamento do Airbnb, eu sugiro ficar em Trastevere.  É um bairro autêntico e de muito charme… Durante o dia, você vai encontrar pequenas feirinhas com frutas e vegetais fresquinhos. À noite, as ruas são cheias de pessoas, artistas e vendedores em pequenas embarcações.  Nos restaurantes, as deliciosas massas e pizzas são servidos por garçons charmosos… E se você tem intolerância ao glúten, não perca o Mamma Eat.

Crédito foto: divulgação Mamma Eat
Crédito foto: divulgação Mamma Eat
Crédito foto: divulgação Mamma Eat
Crédito foto: divulgação Mamma Eat

Mas meu lugar preferido na Itália é, definitivamente, Florença. A cidade é cativante,  com uma arquitetura que faz qualquer um se emocionar. Mesmo que a cidade também atraia grande número de turistas, há muitas maneiras de evitar as multidões. Aqui vai um pouco das minhas atrações favoritas e o link para o adorável apartamento do Aibnb onde me hospedei.

Crédito foto: http://www.ci.com.br/guia-mundo/paises/italia/cidades/florenca
Crédito foto: http://www.ci.com.br/guia-mundo/paises/italia/cidades/florenca

Duomo: a melhor maneira de vê-lo é durante o nascer do sol, antes de todo mundo! Assim, você pode desfrutar de tudo sem ruídos e fofocas de outras milhares de pessoas. Isso também facilita as fotos – todo mundo que já viajou sabe que a maneira mais rápida de estragar uma boa foto são os turistas.

Crédito foto: http://www.ci.com.br/guia-mundo/paises/italia/cidades/florenca
Crédito foto: http://www.villasabolini.it/en/news/the-duomo-of-florence-on-instagram/

IMG_3849

Em relação à comida, Florença é um lugar para quem gosta de experimentar coisas novas. Das massas, aos expressos e aos sorvetes: você poderia, literalmente, passar dias inteiros testando a cidade. Fique longe dos restaurantes caros no centro da cidade. É melhor escolher um lugar pequeno nas ruas menores, ou mercados nas áreas residenciais. Menus que aparecem apenas em italiano também são ótimos sinais!

IMG_3398

IMG_3520-(2)

Por ultimo, aqui está o link para o meu Airbnb. O apartamento ficava a 15 minutos a pé do centro.

No geral, a Itália é um lugar para testar os sentidos da melhor maneira possível. Da comida para as pessoas,  para a linguagem, para as paisagens… É realmente um espetáculo para ser visto e experimentado. Escolher um retiro foi a maneira perfeita para começar. E viajar sem um plano e com o coração e mente abertos me trouxe uma viagem que eu nunca vou esquecer!

kena

by Kenna Conway

Leave a Response