12 viagens de trem mais incríveis pelo mundo

Embarque em uma aventura de trem com lindas paisagens pelo mundo

Uma viagem de trem pode ser uma forma diferente de explorar uma região. Sem se preocupar em nada, você só precisa curtir as lindas paisagens pelo caminho e tirar o melhor proveito de toda experiência. Os trens, principalmente de luxo, oferecem serviços exclusivos com pequenos detalhes que fazem a diferença. Na parte externa, um cenário exótico passando, o ritmo dos trilhos balançando e as memórias se criando. Existem diversas rotas de trem lindíssimas para se explorar pelo mundo, e algumas incluem trens de luxo que são extremamente exclusivos. Separamos 12 viagens de trem incríveis para você incluir na sua #OntheRoadBucketList!

Foto: TravelGlo/Reprodução

Jacobite Steam Train

A viagem inicia na cidade de Fort William, no alto da Escócia, perto da montanha mais alta da Grã-Bretanha, Ben Nevis, onde o trem ida e volta percorre 84 milhas de colinas verdes, lagos azul cristalinos, vales profundos e aldeias pitorescas. Um destaque da viagem é a travessia do viaduto Glenfinnan, de 21 arcos, com suas curvas graciosas e colunas imponentes, com vista para o Loch Shiel e o monumento jacobita (os fãs de Harry Potter reconhecerão essa paisagem.

O trem para brevemente na Estação Glenfinnan e depois passa pelas encantadoras cidades de Lochailort, Arisaig e Morar e sinaliza em Mallaig, na costa oeste da Escócia, onde passageiros têm cerca de uma hora e meia para explorar a região, antes da viagem de volta a Fort William.

Foto: Napa Valley/Reprodução

Napa Valley Wine Train

Andar pelos vinhedos e vinícolas pitorescas com um cenário com colinas verdes é um dos prazeres da viagem de ida e volta de 58 km do centro de Napa a Santa Helena. Embarque em uma seção industrial de Napa e desfrute de vistas da arte contemporânea ao ar livre da cidade com murais, esculturas, paisagismo e parques promovidos pelo Rail Arts District Napa. Continue pelas cidades de Yountville, Rutherford e Oakville com refeições e vinhos gourmet para aperfeiçoar a jornada.

Foto: Reprodução/ GetYourGuide

Glacier Express

Uma viagem entre Zermatt e St. Moritz, na Suíça, através dos Alpes suíços, com vistas deslumbrantes sobre montanhas, riachos e cidades pitorescas. A jornada começa na vila montanhosa de Zermatt, e continua passando por picos rochosos, cruzando o Ródano até o vale do Alto Ródano. O Oberalp Pass, nascente do rio Reno, é o ponto mais alto da viagem, com quase 7.000 pés. A partir daí, o trem desce ao longo do vale do Reno, com uma das vistas mais dramáticas da viagem, o desfiladeiro do Reno, às vezes chamado de “Grand Canyon suíço”. Continuando para o sul por um vale estreito e pelo túnel de Albula, a jornada de oito horas termina em St. Moritz, a elegante cidade turística da Suíça.

As janelas panorâmicas do trem facilitam a visualização e fones de ouvido são fornecidos para narração. Várias classes de serviço estão disponíveis.

Foto: Agoda/Reprodução

Kandy to Ella, Sri Lanka

Essa viagem de sete horas leva os passageiros por vilarejos remotos, passando por cachoeiras, colinas e pelas plantações de chá pelas quais o país talvez seja mais conhecido. Originalmente construído pelos britânicos no final de 1800, o sistema ferroviário do Sri Lanka foi originalmente usado para transportar chá e café para exportação. Agora, o trem é a maneira favorita de explorar o país, ver as paisagens variadas e observar aldeias e habitantes locais ao longo do caminho. Ella é uma vila montanhosa, que vale a pena explorar antes de embarcar ou quando você chegar. Kandy, localizado no centro do Sri Lanka, é maior com santuários budistas sagrados e o cênico lago Kandy. Para reservar seus tickets, acesse aqui! 

A maioria dos trens oferece vagões de primeira classe com ar-condicionado, e alguns oferecem camas para dormir e assentos reservados. #FicaaDica: De Kandy, as melhores vistas estão do lado direito.

Foto: Lonely Planet/ Reprodução

The Belgrade to Bar Railway

A ferrovia de Belgrado para Bar leva os passageiros por 435 pontes e por 254 túneis da capital da Sérvia às margens do Adriático, em Montenegro. São aproximadamente 10 horas de viagem ao total.

Veja também
4 pps para aprender novos idiomas
Dream Now, Travel Later! 
Foto: Belmond/Reprodução

Orient Express

O Orient Express há um século transporta os passageiros para a era de ouro das viagens de trem, com seus jantares com menu degustação e black-tie e todo glamour  e conforto em todos os detalhes. Vai de Londres a Veneza em dois dias. O trem, da rede Belmond, oferece diferentes rotas pela Europa, sendo uma das mais famosas de Londres a Veneza, com duração de 1 noite. Veja detalhes no site. 

Foto: Belmond/ Reprodução

The Belmond Grand Hibernian

O Belmond Grand Hibernian traz um mundo de luxo para o interior da Irlanda. Seus trens são muito confortáveis oferecem vistas lindíssimas de Dublin a Cork ou Belfast. Os quartos do do trem parecem suítes de hotéis da era da Geórgia, enquanto os ambientes de observação são ideais para ver campos verdes e ovelhas pelo percurso.

Foto: The Luxury Holiday Company/ Reprodução

The Golden Eagle Trans-Siberian Express

Oito vezes por ano, de maio a setembro, esta viagem de trem de luxo leva você entre Moscou e Vladivostok, por 12 noites +, passando por Novosibirsk, Irkutsk, Lago Baikal e Ulaanbaatar. O trem pára para passeios locais em vários lugares ao longo do caminho.  O trem moderno conta com três classes de cabine, todas incluindo banheiros privativos e chuveiros. Cabines de prata oferecem pequenas camas de casal ou beliches; categorias mais altas são maiores com camas de casal.

Foto: Belmond/Reprodução

The Andean Explorer

O Andean Explorer, outra operação da rede Belmond, realiza viagens semanais de duas noites que ligam Cusco a Arequipa pelo Lago Titicaca, com uma excursão ao lago incluída. Este é literalmente o mais alto dos trens de luxo, atingindo altitudes de até 14.000 pés ao longo do caminho. Se você tiver problemas com altitude, importante levar medicamentos com você para a viagem.

Foto:EasternOriental/Reprodução

Eastern & Oriental Express

O trem de luxo do leste asiático, também da rede Belmond, viaja entre Bangkok e Cingapura duas vezes por mês. Os itinerários de duas e três noites percorrem algumas das principais áreas cênicas da Tailândia e fazem um desvio para a famosa ponte do rio Kwai. Você também pode iniciar ou terminar a viagem em Kuala Lumpur, em vez de Cingapura. O trem conta com carros modernos construídos com padrões de luxo. Ele oferece três níveis de cabine, todos com chuveiro e lavatório privativos, além de vagões para refeições e observação.

Foto: DNA India/ Reprodução

Palace on Wheels

O Palace on Wheels (e seus quatro trens-irmãos) cruzam o norte e o sul da Índia. O Palace on Wheels, o Maharaja’s Express e o Royal Rajasthan on Wheels cobrem, principalmente, itinerários de um dia para ida e volta a Delhi, com algumas viagens a Delhi e Mumbai; a maioria inclui uma parada em Agra para o Taj Mahal. A Deccan Odyssey e a Golden Chariot operam padrões semelhantes centrados em Bangalore e Mumbai. Os trens indianos de luxo contam com equipamentos modernos, geralmente com decoração inspirada nas melhores extravagâncias de Bollywood. Todas as cabines incluem um banheiro privativo e chuveiro.

Foto: Pinterest/ Reprodução

Pride of Africa

No trem Pride of Africa, a Rovos Rail oferece cinco viagens de trem de luxo por ano em um itinerário de 15 dias da Cidade do Cabo a Dar Es Salaam ou vice-versa, passando por Botsuana, Zimbábue, Zâmbia e Tanzânia, incluindo paradas por reservas e pelas Cataratas Vitória. O Pride of Africa utiliza equipamentos mais antigos, atualizados de acordo com os padrões atuais. Todos os compartimentos incluem camas de casal ou twin, vaso sanitário e chuveiro. A empresa Rovos Rail opera o Pride of Africa em uma ampla variedade de outros itinerários na África do Sul e em países vizinhos, alguns incluindo paradas de safári, uma experiência incrível.

Leave a Response

EN PT