A produção de vinhos no Vale do São Francisco

Como falamos no início da semana, estivemos em uma viagem da Rota dos Vinhos Mercure (da rede de hotéis Accor) para conhecer o melhor de Salvador e explorar a região dos vinhos do Vale do São Francisco (veja o post aqui).

O Vale de São Francisco fica em Pernambuco, perto de Petrolina (a forma de chegar de avião) e é famoso por sua condição climática para produção de vinhos e frutas.

rio4

Em meio ao clima árido do sertão, a região é capaz de produzir até cinco safras a cada dois anos com vinhos jovens, leves e aromados. São cerca de 300 dias de sol forte durante o ano, aliado à irrigação com águas do rio São Francisco.

A região é a segunda do país no que se refere à produção de vinhos finos. O Vale do São Francisco é conhecido por ser a única região do mundo capaz de produzir vinhos durante todo o ano, e cerca de 15% da produção nacional provém da região.

Não é a toa que o lugar está cheio de fazendas, com frutas para exportação (principalmente manga, uva e melancia) e claro, vinícolas. Os vinhos produzidos na região são jovens e refrescantes, com acidez acentuada. Ao total são cinco vinícolas na região, sendo as mais famosas a Miolo e a Rio Sol (conhecida oficialmente como Vitivinícola Santa Maria). Esta segunda tivemos a oportunidade de conhecer e foi um passeio lindo!

rio16

rio2

A vinícola fica a cerca de 60 km de Petrolina, na cidade de Lagoa Grande. A fazenda produz de 15 a 20 tipos de vinhos e espumantes, entre eles: Rio Sol, Adega do Vale, Vinha Maria, Rendeiras e Paralelo 8. A Rio Sol está há 13 anos no mercado, utilizando o melhor campo experimental do mundo.

rio8

rio7

rio3

Recentemente, a fazenda foi local de gravação da minissérie “Amores Roubados”, da TV Globo. A Rio Sol tem 120 hectares, e como a colheita é feita duas vezes ao ano, se considera 300 hectares para a produção dos vinhos.

rio13

rio10

Atualmente, a Rio Sol pertence ao grupo ViniBrasil, uma junção entre a Expand e a empresa portuguesa Dão Sul, que tem oito vinícolas em Portugal.  Os vinhos podem ser encontrados em cidades como Londres, Nova York e Tóquio, e também nas 25 lojas Expand situadas no Brasil.

A Rio Sol cobra R$170,00 para um passeio completo que inclui visita aos parreirais, almoço  e um passeio de catamarã pelo Rio São Francisco (esse infelizmente não tivemos tempo de fazer). No passeio, os turistas também conhecem de perto todas as etapas do processo de fabricação dos vinhos.

rio5

rio6

rio12

rio18

 

Compartilhe:

Um comentário sobre “A produção de vinhos no Vale do São Francisco

  1. Bom Dia
    Fernanda Costa e Equipe
    Muito obrigado pela publicação de nosso potencial enoturistico no vale do São Francisco, ficamos muito horrados em recebelas e estamos a disposição para recebelas em outro momento com mais tempo para conhecerem o passeio de catamarã muito lindo. Aproveitamos a oportunidade para convidar a todos a vir conhecer o vale do São Francisco com destaque para Petrolina-PE capital da agricultura irrigada.

    JOSUÉ PEREIRA DA COSTA
    Diretor – Comercial
    Rua do Tambor, 306 – Bairro São José – Petrolina-PE
    87 3862 1616 / 99954 5910 TIM/ 98858 7983 OI
    josue@opcaoturismo.tur.br
    turismopetro@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *