O melhor do Ushuaia | Dicas do Papai

Papai reuniu as melhores dicas da capital da Terra do Fogo

Ushuaia, conhecida como a cidade do fim do mundo, é a capital da Terra do Fogo Argentina, e a cidade mais austral do mundo e a mais próxima da península da Antártica. E também, um dos destinos mais conhecidos na América Latina quando o tema é destinos de inverno e esqui. E, por ser tão popular, claro que papai já viajou algumas vezes para lá e compartilhou conosco suas melhores dicas. Veja então as #DicasdoPapai com o melhor do Ushuaia.  

Photo by Ignacio Aguilar on Unsplash

Ushuaia (se fala Ussuaia) fica aos pés dos Andes e na beira do Canal Beagle, que divide o Chile e a Argentina. Apesar de ser um destino para ir o ano todo, quem pensa em Ushuaia imagina que a cidade seja mais visitada no inverno – ainda mais que a região tem neve de qualidade em uma temporada longa, quando comparada com outros destinos de esqui. Porém, a melhor época do ano para se visitar Ushuaia é durante o verão, quando os dias têm mais horas de sol e são menos gelados, o que deixa bem mais agradável para fazer o passeio pelo Parque Nacional Tierra del Fuego e, principalmente, ou para fazer os pinguins, famosos por lá, na Ilha Martillo.

#DicasdoPapai 1: Quando ir

Se o papai for dar a sua primeira dica é: vá para Ushuaia no inverno. Esse é o principal período para quem quer esquiar e fazer atividades na neve. O destino tem a temporada mais longa de Ushuaia  esqui da América do Sul (a neve é garantida do fim de junho ao fim de setembro).

#DicasdoPapai 2: Hospedagem

Foto Booking

Sua segunda dica é: hospede-se no cerro em um lugar com uma vista linda da cidade. Ou seja, fique no Arakur hotel, o melhor da região – que conta com aquela piscina linda com borda infinita, caso você já tenha visto fotos. O hotel é membro da Leading Hotels of the World e fica a  20 minutos da estação Cerro Castor. Agora, se você quer ficar no centro, opte pelo Albatroz Hotel, também um excelente hotel, localizado perto das pistas de esqui e a 15 minutos a pé da Praça 25 de Mayo e Parque Yatana.

#DicasdoPapai 3: Gastronomia

Foto: Turismo Ushuaia

A terceira dica do pai envolve comida, claro: prove o melhor da gastronomia local.  Não deixe de comer um polvo (ou outro frutos do mar de qualidade) no Restaurante Kaupé, um dos restaurantes mais badalados de Ushuaia e um dos melhores da Argentina. Também prove o Centolla (uma espécie de Caranguejo gigante muito conhecido em Ushuaia) do restaurante Volver, restaurante super tradicional e cheio de história, instalado em um casarão de 1896 às margens do Canal de Beagle.

Outro clássico que não pode faltar na lista é o Cordeiro Patagônico, uma especialidade popular no churrasco argentino e que você precisa ter paciência para provar: a principal característica do cordeiro patagônico é o longo tempo de cocção, onde são estimadas cerca de sete horas de cozimento. O melhor lugar para provar essa delicia é o restaurante Casimiro Biguá (muito bem qualificado, com ótimo ambiente) ou no Bodegon Fueguino, lugar mais informal e bagunçado, mas com excelente cordeiro também. E para encerrar, o Ramos Generales não pode faltar na lista, para a melhor sobremesa local com um bom café. Esse é um dos locais mais singulares para se comer em Ushuaia, em um estabelecimento que mistura um pouco de padaria, restaurante, doceria, vinoteca e museu. Ao longo do balcão de madeira do salão principal estão expostos alguns produtos vendidos por lá, entre eles merengues de pinguins e tortas com frutas patagônicas. Além de chás, cafés, salgados e uma lista extensa de vinhos.

#DicasdoPapai 4: Passeios

Além de esquiar – e muito – no Cerro Castor, aproveite para fazer alguns outros passeios que são impedíreis na região. Mas, vamos por ordem de prioridade. O Cerro Castor é a estação de esqui principal que fica em torno de 26km do centro de Uhusaia e que conta com 31 pistas para todos os níveis de esquiadores, quatro magic carpets, snowpark entre outras aventuras na neve.

Foto Pixabay

Se estiver um pouco cansado e quiser mudar o programa em algum dia, faça um passeio de barco (existem milhares na região) para o Glaciar Martial, localizado no Cerro Martial. Você também pode visitar o Museu do Fim do Mundo, em Ushuaia,que  reúne um pouquinho da história da cidade, do povo Yámana, das histórias da navegação pela região da Terra do Fogo e dos animais que habitam essa região. Também não deixe de caminhar pela orla do Canal Beagle, onde você poderá admirar a Cordilheira dos Andes e o Porto de Ushuaia.

Foto Pixabay

E se quiser viver um pouco da história da região, pegue o Trem do Fim do Mundo, trem construído em Ushuaia para transportar os presos até onde hoje está o Parque Nacional Tierra del Fuego, outro passeio bacana com diversas opções de trilhas.

Leave a Response